Artigos

Inovador e Seguro: Pix e SPB moldando o futuro dos Pagamentos

Inovação e Segurança: Descubra como o Pix e SPB estão moldando o futuro dos pagamentos

Nos artigos O que é o SPI e como ele funciona e 7 motivos para conhecer o Sistema de Pagamentos Brasileiro abordamos conceitos gerais de PIX e SPB separadamente, mas vamos recordar rapidamente alguns pontos importantes para entendermos melhor onde eles se conectam.

O Pix é um meio de pagamento instantâneo, criado pelo Banco Central do Brasil, semelhante ao TED e DOC, no que tange a transferências de fundos. O Pix reúne vantagens na redução de custos, agilidade nas transações, integração de dados e segurança nas operações, entre outros.

O sistema de pagamentos brasileiro (SPB) é o conjunto de regras e instrumentos pelos quais se executam transferências de recursos, assim como o processamento e liquidação de pagamentos para pessoas físicas ou jurídicas, entes públicos ou privados. E assim sendo, esse sistema tem relação direta com todos os agentes da economia.

Com mais de 20 anos de operação, o SPB ainda oferece oportunidades para as instituições financeiras agregarem novos produtos, reduzir custos ou incrementar a eficiência operacional interna ou junto a seu cliente. A chegada do Pix une forças e solidifica ainda mais os meios eletrônicos de pagamentos no mercado brasileiro.

O número de brasileiros desbancarizados, ou seja, que não tem conta corrente em bancos é bem expressiva. Alguns dados apontam que esse número pode chegar a 1/3 da população de adultos. No arcabouço do Pix, há também a proposta de facilitar a bancarização da população que ainda não utiliza os serviços financeiros através de bancos (e também fintechs).

De que forma este evento tem estimulado a bancarização?

Primariamente através de custos baixos (e em muitos casos, gratuitos), de forma on-line e através dos seus próprios dispositivos móveis. Lembrando que são mais de 100 milhões de smartphones no Brasil.

Historicamente, novos meios de pagamentos não eliminam os serviços que os antecedem. Na verdade, somam-se, deixando que os usuários decidam como querem realizar as suas transações. Em casos como esse, Pix e SPB trabalham conjuntamente.

Um exemplo desse trabalho conjunto são os boletos híbridos, onde já temos o código de barras e também o QR-Code, que passou a acompanhar o Pix, a partir do seu lançamento. A escolha em como pagar é do usuário (do pagador).

A redução dos custos que o Pix trouxe consigo ao mercado, ajuda, de certa forma todo o ecossistema. Não só os bancos, mas outros segmentos como o varejo buscam por eficiência operacional e ter opções para ofertar aos seus clientes no momento de pagar é vital.

O Pix já oferta o pagamento de contas de consumo e também impostos governamentais. Benefícios sociais, como; 13º salário, FGTS e férias (entre outros). Na infraestrutura do SPB, já tínhamos a possibilidade de realizar todos esses pagamentos. O SPB não ganhou um concorrente, mas, um aliado na busca por eficiência.

Não perca mais tempo! Aumente a eficiência do seu negócio com os produtos e serviços da Lydians Sistemas de Informação. Nossa equipe experiente oferece implantações, treinamentos e serviços de onboarding excepcionais. Agende agora mesmo uma demonstração com nossa equipe comercial e descubra como o Pix e o SPB podem impulsionar seus resultados.

Não importa se você prefere on-premisse ou na nuvem, nós estamos prontos para atender suas necessidades.

Artigos relacionados

Como a mensageria SPB pode ajudar seu negócio em 2023?

7 motivos para conhecer o Sistema de Pagamentos Brasileiro

SPB – Desmistificando os custos

Conteúdo em destaque

DRSAC: A importância do CADOC 2030

Conhecendo o documento de Riscos Social, Ambiental e Climático O documento de Riscos Social, Ambiental e Climático (DRSAC), novo Cadoc 2030, é uma peça-chave para entender e mitigar os riscos enfrentados por instituições em suas operações de crédito e investimentos. Este documento, exigido pela Resolução CMN nº 4.945/21 (PRSAC) e Resolução CMN nº 4.557 (GIR), […]

Acessar conteúdo
Saiba como funciona o envio do Cadoc 5005
Novo CADOC 5005: Simplificando o envio diário de informações Financeiras

É hora de se aprofundar no documento 5005 e entender melhor as informações e prazos de envio Entender as nuances de Certificados de Depósito Bancário (CDBs), Recibos de Depósito Bancário (RDBs) e depósitos de aviso prévio de emissão própria é fundamental para quem busca simplificar o processo de remessa diária de informações. Nesta publicação, vamos […]

Acessar conteúdo
Regulatórios e PIX: Agenda de inovações do Banco Central

Retrospectiva com olhar para o futuro: O que esperar do universo dos Regulatórios e do PIX Relembrar é viver, e é por isso que nesta publicação iremos rever as principais entregas do ano de 2023 quando se trata de PIX e Regulatórios. Os impactos positivos em nossos clientes, demonstrando nosso compromisso com a inovação. Primordialmente […]

Acessar conteúdo
PIX: Como o meio de pagamento impacta o FGTS Digital

Como preparar sua Instituição Financeira para o FGTS Digital com o sistema de pagamentos instantâneos O que é o FGTS Digital? O FGTS Digital é um conjunto de sistemas integrados que vai gerenciar os diversos processos relacionados ao cumprimento da obrigação de recolhimento do FGTS conforme diz o Ministério do Trabalho e Emprego, e para […]

Acessar conteúdo